Deloitte demonstra a utilização do blockchain para o negocio das artes

A utilização do  blockchain para estabelecer a proveniência de obras de arte tem atraído a atenção de vários  inovadores e engenheiros . Agora, a empresa de serviços  Deloitte revelou a sua própria abordagem para  este caso particular.

 

O mundo da arte tem explorado o uso da bitcoin e outros blockchains para verificar a  proveniência de obras de arte desde algum tempo a esta parte, e o conceito tem chamado também a atenção dos criativos do mundo digital. Em última instância, o objectivo é garantir a autenticidade de uma obra de arte e traçar a história da propriedade e utilização desse trabalho.

O protótipo da  Deloitte  apelidado de "ArtTracktive ', foi desenvolvido pelo seu escritório no  Luxemburgo, e de acordo com a empresa, visa proporcionar um canal de informação distribuída partilha entre artistas, proprietários, galerias e qualquer pessoa envolvida no transporte de uma obra de arte .

Patrick Laurent, líder de tecnologia e parceiro  da Deloitte, disse em  comunicado:

"O blockchain pode traçar o percurso  de obras de arte. Quando esta tecnologia for utilizada no mercado da arte, todos os eventos do ciclo de vida de uma obra  são registadas e rastreáveis. A aplicação resolve  uma das principais preocupações no mercado de arte hoje, ou seja, a frágil  documentação relacionada com a proveniência e movimentos de uma obra de arte. "

Fonte

Rate this item
(0 votes)
 

JornalBitcoin Newsletter

Bitcoin Videos