A startup de bitcoin Bitso angaria 1,85 milhões de USD em investimentos após Donald Trump lançar ataque sobre as Remessas de trabalhadores mexicanos

O México é um dos maiores parceiros de remessas dos EUA,  a maioria dos trabalhadores  mexicanos enviam grande  parte dos seus salários para o México para sustentar a  suas famílias. Segundo o Banco Mundial, três das empresas de serviços de remessas mais utilizados - Western Union, MoneyGram, o Citibank cobram  9,11% em taxas  sobre as remessa, excluindo as taxas de conversão.

 

A pos o anuncio do candidato Donald Trump que poderá impedir o envio de remessas para o México, a  BitSo iniciuo um processo de angariação de investimentos que já conta com mais de 1,85 milhões de USD .

Trump escreveu no  site oficial da  campanha presidencial: "O México continua a fazer biliões de dólares em maus acordos comerciais , e também depende muito dos billiões de dólares em remessas enviadas por imigrantes ilegais nos Estados Unidos  (em 2013 foram  22 billiões ) [...] O México deve pagar para a parede [na fronteira para evitar entradas ilegais nos EUA]  e, até que o façam, os Estados Unidos, devem entre outras coisas: apreender todas as transferencias  de remessas derivadas de salários ilegais ".

Fonte

Rate this item
(0 votes)
 

JornalBitcoin Newsletter

Bitcoin Videos