Blockchain vai proteger 1 milhão de registos do sistema de saúde da Estónia

A startup Guardtime especialista em segurança de dados, anunciou uma parceria com a Fundação eHealth, da  Estónia para implementar um sistema baseado no  blockchain de forma a  garantir a segurança dos registos de saude de  mais de 1 milhão de pacientes.


O acordo,  visa a integração do  infra-estrutura de assinatura keyless (KSI) da Guardtime  no motor de base  de dados Oracle da fundação para fornecer "visibilidade em tempo real" sobre  o estado dos registros de pacientes.


A Estónia tornou-se  famosa  pelo  seu sistema de "e-government"  , que foi criado em 1997. Utilizando um cartão de identificação com chip  incorporado os cidadãos do país têm  acesso a mais de 1.000 serviços de governo eletrónico, como pagamento de  impostos e votações, a maioria é feita  instantaneamente e através de un único um site.


No sistema estão incluídos os registros eletrónicos  dos pacientes ,  a implantação da tecnologia da Guardtime destina-se a proteger estes dados . A empresa garante  que a utilização do blockchain  torna  a deturpação de dados de forma ílicita  impossível, sem que seja notado.

 

Fonte

Rate this item
(0 votes)
 

JornalBitcoin Newsletter

Bitcoin Videos