A aplicação para envio de remessas, Abra angariou mais de 5.000 utilizadores em 10 dias

A aplicação para envio de  remessas,  Abra, que angariou financiamento no valor de  12 milhões, proveniente de  de empresas de capital de risco de destaque, incluindo Arbor Ventures, RRE Ventures e First Round Capital, lançou a app para iOS e  Android a 5 de Fevereiro de 2016.

 

Desde então, mais de 5.000 utilizadores  procederam ao registo  e ao download do aplicativo no Google Play, os utilizadores são proveniente de  todas as regiões do mundo , incluindo os EUA, Coreia do Sul, Sudeste Asiático e África.

Essencialmente, o conceito central da ABRA é semelhante ao das redes de remessas tradicionais, tais como a  Western Union ou a  MoneyGram. A única diferença é que,  em vez de transaccionar com dinheiro tradicional (Dólares, Euros etc ), os remetentes utilizam bitcoin para liquidar os pagamentos. Devido à mobilidade, e á alta taxa de conversão internacional e liquidez da bitcoin, as taxas de transacção são substancialmente menores.

A maioria das redes locais e internacionais de remessas cobram cerca de 10% de cada transacção, o  que é uma taxa significativamente alta para trabalhadores expatriados, freelancers e funcionários que trabalham para sustentar as  suas famílias. Com as redes de pagamento baseado na Bitcoin como a ABRA , os  remetentes podem gastar  substancialmente menos em  taxas e enviar o dinheiro mais rápido  para os seus familiares, amigos e colegas.

Com mais de 5.000 utilizadores  em pouco menos de 10 dias desde o seu lançamento, reina o optimismo  para rede e para os potenciais utilizadores nos países em desenvolvimento na esperança de receber pagamentos de forma barata, segura e eficiente.

Fonte

Rate this item
(0 votes)
 

JornalBitcoin Newsletter

Bitcoin Videos