Overstock.com vai poder emitir novas acções da empresa registadas no blockchain da Bitcoin

 

De acordo com várias fontes próximas à Overstock, a Securities and Exchange Commission (SEC) aprovou o formulário 'S-3' para a cadeia de vendas online Overstock.com (NASDAQ: OSTK), para poder emitir novas acções de capital da empresa no blockchain da Bitcoin.

Um porta-voz da Overstock disse que a empresa vai fazer uma declaração formal nas próximas 48 horas.

O formulário 'S-3' é um pedido de autorização para poder efectuar o registo de valores mobiliários, que permite às empresas usufruir de um processo simplificado para a sua emissão, mas negociados publicamente.

 

Em vez do formulário 'S-1', que é o mais  abrangente e requisito para empresas que planeiam efectuar uma oferta pública inicial (IPO) das suas acções, o 'S-3' é para as empresas que já atingiram um certo nível de conformidade com a Lei de Valores Mobiliários de 1934 do USA. Para usufruir do formulário 'S-3', a empresa deve ter pelo menos 12 meses de relatórios devidamente arquivados junto à SEC, para ser elegível.

A plataforma t0 'tee-zero'  da Overstock tem vindo a trabalhar com o intuito de levar a negociação de património e de liquidação para o blockchain, desde Abril de 2015. Em Julho, a Overstock vendeu o primeiro 'cryptobond' (acção registada no blockchain),  como forma de demonstrar o  conceito. A FNY Managed Accounts concordou em comprar a acção no valor de 5 milhões de USD, com as devidas garantias para o caso da tecnologia falhar.

Para a Overstock, no entanto, a emissão das suas próprias acções na sua plataforma é uma forma de provar e dar credibilidade ao conceito. Fundamentalmente, a t0 opera com a mentalidade de que "the trade is the settlement". Actualmente, nas transacções de acções os mercados funcionam com uma data de transacção que regista mais três dias (D + 3) de resolução, ou seja, o tempo entre o pagamento e a obtenção dos títulos pode chegar a até três dias.

Com o blockchain, pode ser instantânea, ou seja, as duas operações ocorrem ao mesmo tempo.

A plataforma t0 é construída recorrendo a uma técnica designada por 'moeda colorida'. Esta técnica permite que  fracções de Bitcoin sejam usadas para controlar a posse de muitos activos além da própria Bitcoin. Por exemplo, uma moeda colorida' pode ser usada como um 'token'  para provar que um indivíduo possui determinada acção. Esta tecnologia é construída utilizando o blockchain da Bitcoin, em vez de outras soluções que estão a ser desenvolvidas utilizando outros blockchains.

 

Fonte | Tradução por jornalbitcoin.pt

 

Rate this item
(0 votes)
 

JornalBitcoin Newsletter

Bitcoin Videos