Greenpeace Argentina aceita Bitcoin

 

A partir desta semana, a organização ambientalista internacional incorpora a moeda digital para pagamentos aos parceiros locais, graças à integração na sua plataforma do sistema BitPagos .

Por mais de 25 anos, as doações Greenpeace Argentina têm apoiado vários projectos e soluções ambientais e sociais com independência política e económica completa. Actualmente, as contribuições individuais dos seus membros e activistas dependem dos serviços bancários tradicionais.

A tecnologia Bitcoin é apresentada como uma alternativa inovadora que permite a doação sem conta bancária ou cartão de crédito à população argentina cujos 70% não têm ainda acessos a serviços bancários. Esta parte da população estava até agora incapacitada de fazer doações através da web para as campanhas e acções da fundação.

Para uma organização internacional como o Greenpeace, a possibilidade de doações Bitcoin agrega valores substanciais para os seus parceiros e doadores, já que não precisa de uma instituição intermediária e permite que a contribuição possa chegar instantaneamente ao seu destino.

Actualmente, o trabalho da Greenpeace é inteiramente financiado por mais de 3 milhões de membros no mundo inteiro. Com esta nova integração, são ampliadas as possibilidades de doação, bem como a divulgação dos valores e objectivos globais da Greenpeace e dos seus parceiros na região.

 

Fonte | Tradução por jornalbitcoin.pt

 

Rate this item
(0 votes)
 

JornalBitcoin Newsletter

Bitcoin Videos