Print this page

Europol recruta estagiário com conhecimentos em Bicoin

 

A Europol está à procura de um estagiário com conhecimentos para rastrear transações Bitcoin, de acordo com o anúncio de emprego no portal da instituição.

O anúncio procura candidatos para o projecto "Códigos Abertos Coleta e Análise", que irá apoiar a equipa de Cyber ​​Intelligence da Europol.

Os candidatos devem ter conhecimentos de análise em operações Bitcoin e estar interessados em tecnologias blockchain em geral. Entre as habilidades técnicas que o papel exige estão: "Compreensão elementar da detecção e atribuição de transações bitcoin e interesse comprovado em tecnologias blockchain".

De acordo com o anúncio, os candidatos também devem ter "conhecimento de criptografia e de anonimização de ferramentas que são abusadas por criminosos".

O candidato seleccionado ficará a trabalhar na Europol, em Haia. O objectivo é contribuir trimestralmente para um relatório com foco em "novas tendências, ameaças e padrões" no cibercrime, com especial incidência sobre ferramentas de criptografia e anonimização.

A Europol disse que não poderia comentar sobre a posição, por causa das regras de protecção de dados, quando contactado pela publicação on-line CoinDesk.

O anúncio de emprego demonstra que a Europol considera as transações Bitcoin como uma forma de inteligência "open-source" ou OSINT.

De facto, o candidato será apoiado por um especialista OSINT. O papel OSINT é um dos seis estágios abertos na agência. Os candidatos aprovados devem começar em fevereiro.

 

Fonte | Tradução jornalbitcoin.pt

Rate this item
(0 votes)